Novo

Livro - A Marca Da Vitória - Novo

59 reales con 90 centavos

em 11x 5 reales con 45 centavos sem juros

Envio para todo o país

Saiba os prazos de entrega e as formas de envio.

Último disponível!

Devolução grátis

Você tem 30 dias a partir do recebimento do produto para devolvê-lo, não importa o motivo!

Garantia

Compra Garantida com o Mercado Pago

Receba o produto que está esperando ou devolvemos o seu dinheiro

Garantia da loja

Sem garantia

Características principais

Título do livroA marca da vitória
AutorPhil Knight
IdiomaPortuguês
Editora do livroSextante
Capa do livroMole
Ano de publicação2016

Outras características

  • Quantidade de páginas: 384

  • Altura: 23 cm

  • Largura: 16 cm

  • Com páginas para colorir: Não

  • Com realidade aumentada: Não

  • Tradutores: Simone Lemberg Reisner

  • Gênero do livro: Biografias e Casos Verdadeiros

  • Tipo de narração: Conto

  • Idade mínima recomendada: 16 anos

  • Idade máxima recomendada: 99 anos

  • ISBN: 8543104467

Descrição

Phil Knight, o homem por trás da Nike, sempre foi uma figura envolta em mistério. Agora, neste livro franco e surpreendente, ele conta sua história.

Aos 24 anos, depois de se formar e viajar como mochileiro pelo mundo, Knight decidiu que não seguiria um caminho convencional. Em vez de trabalhar para uma grande corporação, iria à luta para criar algo próprio, dinâmico e diferente.

Com 50 dólares emprestados pelo pai, ele abriu em 1963 uma empresa com uma missão simples: importar do Japão tênis de alta qualidade e baixo custo. E mal acreditou quando conseguiu vender rapidamente todos os calçados de suas primeiras encomendas.

Mas o caminho até tornar a Nike uma das marcas mais emblemáticas, inovadoras e rentáveis do mundo não foi fácil, e Knight fala em detalhes dos riscos que enfrentou, dos concorrentes implacáveis e de seus muitos triunfos e golpes de sorte.

Ele relembra a criação do nome e da logomarca – um dos poucos ícones reconhecidos em todos os cantos do planeta –, os primeiros modelos de tênis e os contratos com grandes atletas. Também destaca as relações com as pessoas que formariam a alma da Nike: seu ex-treinador de corrida, Bill Bowerman, e os primeiros funcionários, um grupo de desajustados geniais que rapidamente se tornou uma família.

Com uma visão ousada e a crença no poder transformador do esporte, juntos eles criaram uma marca e uma cultura que mudariam os parâmetros de desempenho e superação para sempre.

"A melhor biografia que me lembro de ter lido. Como relato empresarial, está à altura de livros recentes como Walt Disney, de Neal Gabler, e Steve Jobs, de Walter Isaacson. Mas, como relato pessoal, A marca da vitória atinge um nível de honestidade e emoção que nem mesmo as melhores biografias conseguem alcançar." — Rich Karlgaard, Forbes